22
Nov 10
publicado por Nuno Amado, às 09:45link do post | comentar

Existem interpretações que, feitas demasiado rápido, conduzem a erro. Um exemplo:

 

O governo Indiano oferece preservativos para promover o planeamento familiar e impedir a propagação de doenças. Em 2004 o milhão de residentes de Benares utilizou mais de 600 mil preservativos por dia.  

 

Interpretação rápida: a população de Benares é, de longe, a população mais sexualmente activa do mundo.

 

A realidade: Os preservativos não eram utilizados em favor da líbido mas sim da lubrificação dos inúmeros teares da região. Os habitantes de Benares limitavam-se a abrir a embalagem esfregar o preservativo nos "arames" dos teares (chamo-lhes arames pois estou muito longe de ser um perito em tecelagem!) e depois deitar fora a "borracha".

 

Como diria o senhor Pessa: E esta, hem?!

 


mais sobre mim
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
18
20

21
24
25
26
27

28
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO